terça-feira, 15 de junho de 2010

Noite sombria (Érica)

Frida Kahlo
Deux femmes nues dans la forêt


                                         Alma gritando em dor
Coração dilacerado pelo desespero
vidros quebrando-se em minha mão
gotas de sangue manchando o chão

Visão de um anjo me abraçando
uma voz doce me acalmando
Lágrimas de angustia e pavor
Pensamentos em chamas, corpo em ardor

Mãos trémulas
Olhar perdido
Sorriso apagado
Em um canto largada
querendo morrer

Mãos que me afagam
Lábios que me beijam
Braços que me abraçam
Do meu lado você.

Me sarando as feridas
Me cantando o amor
Me dizendo sê forte
Com você eu estou.

Naquela noite sombria
Se não fosse o amor
Hoje não viveria.
Obrigada por ser um anjo na minha vida.
Amo Você!

16 comentários:

Alexandre Terra disse...

mt bom! belo texto, mt bem escrito

J P F O X disse...

As noites sombrias deixam de o ser quando se estar com a pessoa que se gosta. Ótimo texto.
Adorei seu estilo.
Vou te seguir.
Até mais...
Bjs

Gabriel Pozzi disse...

ahá, encontrei novamente o blog que falava do dia contra a exploação sexual de crianças!
seu blog é muito bom em conteúdo, gosto dessas variedades, de uns poemas de vez em quando, enriquece seu espaço!
aliás, você que escreveu esse? muito bom mesmo, bem profissional, bem forte, adorei! :)

um abraço
http://songsweetsong.blogspot.com/

luiz scalercio disse...

nossa a noite sombrias
pra mim nao tem.
porque quem tem um amor
bem grande no seu lado
vc ate esquece das noite
sombrias.

Wander Shirukaya disse...

Leva a mal nao, mas ta bem fraquinho, rtrabalhe mais a forma do texto par4a que fique interessante. ^^

Érica disse...

Obrigada, pelos comentários!. JPFOX, eu respondi ao seu comentário a voz de fundo do vídeo, está lá no seu blog.

Gabriel, obrigada.

Wander, é por meio de críticas que melhoramos. Obrigada pela sugestão.

Abraços

Rodrigo Selback disse...

olha q coisa lindo
essa dona frida até sabia das coisas

Jeh Pagliai disse...

Adorei! Principalmente os ultimos versinhos...rs

Beijinhos

---
www.jehjeh.com

Tatiana disse...

Oie, eu estive a aqui poucas vezes, o que não quer dizer q não notei a qualidade do seu blog. recebi um selo de qualidade e imediatamente me lembrei do seu blog e então fui te caçar nos meus comentários, pois lembrava-me de ter conhecido seu blog depois de retribuir a sua vista.
Então, indiquei você para recebê-lo, passa lá e pegue uma maneira de parabenizar seu bom trabalho como blogueira.

www.coracaoonline.blogspot.com

Sandro Batista disse...

Nossa, inspiradissimo esse poema seu! Uma belíssima declaração de amor, cheia de muita gratidão e sentimento!

Rodrigo Ferreira disse...

muito bom, o texto

gostei muito do seu blog

bjus

me visite

^-^¨cat disse...

que lindo! um poema c meu nome no titulo, amei!

Bele disse...

Ahh, adoorei, muito lindo o poema (:

Bernardo Vianna disse...

Frida Kahlo é demais!
O poema tb é muito bom!

Joice Kelly disse...

que lindo, amei!

♫ Angélica ♥ Kawai ♪ disse...

Nuussa.. lindo...em parte..
sei la.. uma impressão estranha..