segunda-feira, 28 de junho de 2010

Realidade (Érica)

Os Retirantes - Portinari

Tenho pensado em muita coisa
Tenho sentido um grande desespero
Tenho olhado em minha volta
e o que tenho visto me apavora

Vejo crianças chorando e gemendo
com frio e sede, sem ter o que comer
Vejo garotas roubando e se vendendo
ignorando a vida para sobreviver

Sinto uma dor que me assola
Ao ver tanta injustiça e pouca esmola
Sinto uma indignação que me instiga
à não ficar parada vendo a briga

Preciso lutar pelos banidos e oprimidos
Não posso calar a voz que em mim grita
Quero dizer aos meus irmãos e amigos
Que sou mais uma nessa triste lida

Não vamos deixar que os opressores
Apagem nossa esperança com tantas dores
Vamos gritar aos nossos algozes
Que enquanto existir vida seremos ferozes

40 comentários:

Menina Travessa disse...

Sabe o que acho interessante, se colocarmos o contexto do poema 10 anos atrás e agora, é a mesma coisa!
Muito pouco foi feito, e me entristece pensar que muito pouco ainda será feito.

Vc curte rock? disse...

Grande Portinari. Sua poesia combinou bem com a obra do mestre brasileiro.

Ilustrou bem!

Macaco Pipi disse...

SÓ O MESTRE!!!

'«£. Hєηяιqυє← disse...

Isso ai, somos ferozes, lutar sempre.

Bacana o seu blog.

Bjjks ! ^^

^-^¨cat disse...

o principal é nao se deixar abater pelos outros, porque ninguem se importará com vc, todos sao mto egoistas e por isso o mundo é o q é

joão victor borges disse...

"Os ricos controlam tudo e os pobres, eles vivem como podem." (José Saramago)

Ver injustiça, todos vemos. Perceber as facetas da injustiça, alguns percebem. Querer mudar, poucos querem. Conseguir mudar, é impossível.

http://anpulheta.blogspot.com

jaka disse...

infelizmente injustiças sempre existirão, afinal sempre haverá alguem pra tirar proveito de uma situaçao de miseria, fome, seja recrutando uma criança, seja buscando alimento através dela, e tudo isso vem bem antes da civilização existir, está impregnado no nosso dna;

Marcos Lucas disse...

Adorei o poema. Só não se pode deixar de lutar. Sem lutas não há verdadeiras vitórias.

Erzsébet disse...

Muito bonito o poema; É um tanto estranho andar pela rua e ver pessoas cavando no lixo, sujos, dormindo no chão, não tem sequer direio à higiene básica, tampoca à alimentação. Não sou religiosa, de forma alguma, mas a idéia da Bíblia de que se deve ajudar ao próximo é lógica e prática, para todos. Não precisa procurar por pessoas que precisem de ajuda muito longe, na África ou Haiti - na esquina da sua rua tem mta gente precisando tbm. Se cada um ajudasse aquele ao seu lado ninguém precisaria doar milhoes para o exterior só por sentimento de culpa - tudo iria ao seu devido lugar.

Enfim, você me fez uma pergunta em um post meu, a resposta está lá, no mesmo post. Obrigada pelas visitas...^^

kbritovb disse...

injustiça doe mesmo
deixa qualquer um incapaz

Ítalo Richard disse...

Nesses poucos versos você retratou bem a realidade do mundo em que vivemos, e isso só poderá mudar se as pessoas mudarem e começarem a agir!

Abraço.

Angélica Ströher disse...

muito bom o texto!!! É pura realidade! Seu blog é ótimo, parabéns

fernandaferrari disse...

É muito triste tudo o que vemos,mulheres morrendo nas mãos de ex namorados ou ex maridos...jovens se vendendo para comprar drogas.O que fazer ao certo?será tudo culpa do governo? Da sociedade que não sabe em quem vota?ou de cidadões que deixaram de dialogar uma única vez com seus filhos?Somos todos culpados?

Adorei seu post ele nos faz parar e pensar.

♥♥NaNnA BeZeRrA♥♥ disse...

Érica,
firmeza nos seus ideiais. Não desanime diante dos "nãos" e dos obstáculos q te irão separar deles...
seja valente!
olhe nos olhos de seus opressores e verá que o amor é a maior arma para vencer qualquer coisa nessa vida!
Estou contigo e não abro!
Façamos cada um de nós a nossa parte e estará tudo muito bem!
beijão e estou te seguindo de pertinho...

Victor Faria disse...

Muito bom o seu poema! É a pura realidade escrita em forma de poema!

Bjs!

Marina disse...

*__* Muito legal..

Tive que refazer esse quadro na aula de arte uma vez,ele é o retrato de uma realidade que persiste.

Gostei muito do Blog.

Sandro Batista disse...

Um poema cheio de força, de esperança. Embora retrate a dura realidade, traz no final um alento, um grito, um "basta", um chamamento a todos para lutar.

Bom demais!

http://estacaoprimeiradosamba.blogspot.com/

Sandro Batista disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Alan Costa disse...

bela mensagem, é isso ai.
não podemos deixar nos controlarem, enquanto tivermos força de vontade, gritaremos alto, lutaremos, por aquilo que achamos mais justo.

Wander Veroni disse...

Belo poema e excelente escolha da imagem para ilustrá-lo. Nem todos conseguem enfrentar a realidade e, principalmente, se colocar no lugar do outro. Abraço

Plugaaki disse...

parece vidas secas, muito bom!

Anne Carol! disse...

Oie! seu blog sempre com palavras e abordamentos fortes ein! ta de parabéns!

bj

Talles Azigon disse...

minha Querida Érica nossos olhares podem se perder por alguns momentos porém nossas almas nunca se perdem, poxa que denúncia esse seu poema, lindo e junto com o portinari é de roubar da voz qualquer comentário e de sombrear a alma

Wander Shirukaya disse...

It's the evolution, baby! (infelizmente)!
Façamos a diferença então.

Pierrot disse...

Uma causa nobre. Essa é a verdadeira luta que devemos abraçar... E é mto bom ver em verso esse discurso.

Excelente texto.
Parabéns pelo blog!

>>>Seguindo!

♫ Angélica ♥ Kawai ♪ disse...

poema forte!
Mas é a grande verdade! enquanto houver vida seremos ferozes! -adorei a frase! *-* queero usa no meu mangá.. se eu lançar algum dia....

Twister disse...

curti o poema, faz pensar

vlw por colocar no blog

:D

O Jardim disse...

Obrigada pela visita! Espero recebê-la sempre!

Gostei do seu blog e já estou seguindo!

Beijo!

Fernanda disse...

Adorei principalmente o último verso, Érica! Tome cuidado, apenas, para não colocar muito de prosa na poesia. Uma correçãozinha: na última estrofe, está "apagem" em vez de "apaguem", o "u" escapuliu na digitação. Beijos e sucesso no blog!

Guia do Bahiano disse...

adoreii seu blog.. esse poema diz muito do que ainda se passa aqui ,desde muito tempo atras e o que nosso povo ainda vai passar por muitos anos a frente!

Ƹ̵̡Ӝ̵̨̄Ʒ ANDRÉIA Ƹ̵̡Ӝ̵̨̄Ʒ Sant'Anna disse...

É a realidade em forma de poema... adorei!
Adorei a frase: "Vamos gritar aos nossos algozes
Que enquanto existir vida seremos ferozes"
Simplesmente... adorei!
Bjks e tenha um ótimo domingo

María Cristina disse...

saludos desde Bolivia

Tatiana disse...

Tlvz por medo de se escandalizar com tanta desgraça tanta gente prefira, numa escolha inconsciente, ignorá-lo, não ver. Mas eu acjhei o máximo a mensagem pra essas pessoas na ultima estrofe do poema. Olha que frase forte " Não vamos deixar que os opressores apaguem a nossa esperança"...
Conformismo nunca levou ninguém a lugar nenhum mesmo...
Adoreo o poema!!

__
Obrigada pela sua presença no meu blog. Volte sempre que quiser.
;)

Coccinelle disse...

Oi Érica. Adoro seu blog e suas poesias. Como disse um dos comentaristas sua poesia ilustra bem a obra do Mestre Portinari. Concordo com você, quando comentaste uma postagem minha. Apesar das muitas conquistas, os oprimidos e banidos ainda têm muito o que lutar. Precisamos lutar sempre!!!! PARABÉNS pelos seus versos maravilhosos!!!
Coccinelle.

Naty e Carlos disse...

"Nunca corra atrás de quem você ama. Simplesmente deixe que o tempo traga até ti quem realmente te ama..."
Uma Feliz Semana
BJS

Naty e Carlos disse...

"Nunca corra atrás de quem você ama. Simplesmente deixe que o tempo traga até ti quem realmente te ama..."
Uma Feliz Semana
BJS

Priscila Veronica disse...

Oi Érica,td bem?
Quanto tempo, hein?
Bem,participei de uma brincadeira entre blogs, o 9 coisas sobre mim.
Não sei se vc faria em seu blog, mas mesmo assim te indiquei.
O link http://priscilainfashionland.blogspot.com/2010/07/9-coisas-sobre-mim.html
e espero q tenha gostado.
Bjs ;*


www.priscilainfashionland.blogspot.com

Franciele Valadão disse...

Adorei!

Byers disse...

Nossa!

Muito bom, é verdade precisamos nos mostrar ferozes para que não nos façam sofrer tanto!

Gosto muito dessa pegada social vamos assim dizer nos poemas.


minha deusa, vc ta de parabens!

tenho uma revista de poesias... da uma olhadam la eu divulgo a galera.


www.revistasunshine.com.br

:) um bjo pra vc nos pés.

M!sunderstood disse...

Muito bom, vc tem um senso crítico ótimo para escrever. A realidade é cruel e enquanto ninguém se mexe, o que nos resta fazer é observar.

muito bom post

http://reflexo-da-alma.blogspot.com

abraços, m!sunderstood